Olá mães,

depois de uns dias, voltei! Agora com a parte 3 de Maternidade como um Campo Missionário. Se você deseja ler as outras partes, clique aqui.

GANHE O QUE VOCÊ NÃO PODE PERDER NELES

“Então, se mães estão estrategicamente situadas para causar impacto em missões, porque vemos tão pouco vindo delas? Creio que a resposta é bem simples: pecado. Descontentamento, mesquinhez, egoísmo, ressentimento. Cristãos muitas vezes pensam que a coisa certa a fazer é ter vergonha sobre o que temos. Ouvimos aquela citação de Jim Elliot e pensamos que devemos vender nossas casas e mudar para algum lugar onde precisam do evangelho.
Mas quero desafiá-la a olhar para isso de forma diferente. Desistir do que você não pode manter não significa desistir de sua casa, ou seu trabalho, para que possa servir em outro lugar. É desistir de você mesmo. Coloque-se de lado. Sacrifique-se aqui, agora. Alegremente limpe o nariz pela quinquagésima vez hoje. Faça a janta novamente para aquelas pessoas que não gostam de vagem. Ria quando seus planos não dão certo por causa de uma criança vomitando. Coloque-se a disposição para as pessoas aqui com você, as pessoas que te irritam, as pessoas que ficam no seu caminho, as pessoas que tomam tanto do seu tempo que você não consegue mais ler. Alegre-se neles. Sacrifique-se por eles. Ganhe aquilo que você não pode perder neles.
É fácil pensar que você tem um coração pelos órfãos do outro lado do mundo, mas se você gastar o seu tempo em casa ressentindo a decepção que seus filhos são para você, você não tem. Você não pode ter o coração para o evangelho e estar irritada com a sua vida ao mesmo tempo. Você não fará nenhuma diferença “” se você não consegue estar em paz “aqui”. Você não pode ter um coração por missões, mas não ter um coração pelas pessoas ao seu redor. O verdadeiro amor pelo evangelho transborda e domina. Estará em tudo o que você faz, por mais monótono, por mais simples, por mais repetitivo que seja.
Deus ama as pequenas ofertas. Dado com fé, aquele prato de PB&J (sanduíche que faz parte da cultura americana: duas fatias de pão de forma, pasta de amendoim e geleia) alimentará milhares. Dado com fé, aqueles presentes dados na manhã de Natal trarão mais alegria para muito mais crianças que você possa contar. Oferecido com gratidão, seu trabalho em casa é apenas o começo. Sua pilha de roupas, dobrada diariamente de forma generosa, será usada nas mãos de Deus para vestir muitos. Não pense que o seu trabalho não é importante. Nas mãos de Deus, ele será quebrado, e quebrado, e quebrado novamente, até que todos que tem necessidade dele estejam alimentados e satisfeitos. E mesmo assim, haverá sobras.”

 

Espero que este texto tenha te encorajado a investir e ver a vida como mãe com outros olhos!

Deus te dê forças a cada dia,

Carmen

Anúncios